O processo criativo de Paulo Alves é alimentado por uma sensibilidade e por um grande interesse, despertado ainda jovem, pelo trabalho com a madeira. Enquanto estudante, ele passa a acompanhar o trabalho de um dos ícones da arquitetura brasileira, Lina Bo Bardi, integrando seu escritório em 1992.

Exibindo todos 2 resultados